19:34 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Wall Street

    Cidadão dos EUA suspeito de hackear Wall Street pediu asilo à Rússia

    © AP Photo / Jin Lee
    Mundo
    URL curta
    2161
    Nos siga no

    Suspeito de envolvimento em um grande esquema de lavagem de dinheiro e de ataques cibernéticos contra instituições financeiras dos EUA, o cidadão norte-americano Joshua Aaron pediu asilo na Rússia, segundo disse uma fonte à Sputnik nesta terça-feira (11).

    "Em maio, houve uma ordem para sua deportação da Rússia, mas ele pediu asilo", disse a fonte, que é familiarizada com a situação.

    Em maio, o Tribunal da Cidade de Moscou julgou Aaron culpado por violação das condições de seu visto no país. O cidadão dos EUA foi multado e teve sua deportação ordenada.

    Segundo a fonte, Aaron teve seu pedido de asilo negado, mas recorreu da decisão, o que colocou seu processo de deportação temporariamente em espera.

    Aaron e dois cidadãos israelenses foram indiciados no ano passado nos Estados Unidos sob a acusação de lavagem de dinheiro, pirataria informática e fraude em várias instituições financeiras de Wall Street, incluindo o JPMorgan Chase Bank.

    Mais:

    Alegado líder do golpe na Turquia poderá pedir asilo ao Brasil
    Diplomata norte-coreano foge do Reino Unido em busca de asilo
    Japoneses agressivos exigem asilo político na Rússia
    Tags:
    americano, lavagem de dinheiro, hacker, deportação, prisão, asilo, Wall Street, JPMorgan, Joshua Aaron, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar