03:06 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Angela Merkel e Frank-Walter Steinmeier

    Der Spiegel: Merkel e Steinmeier estão fartos das sanções contra a Rússia

    © AFP 2019 / John MacDougall
    Mundo
    URL curta
    26304
    Nos siga no

    Nem a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, nem o ministro das Relações das Relações Exteriores, Franz-Walter Steinmeier, estão interessados em novas sanções contra a Rússia, apesar da pressão de alguns políticos alemães. É o que diz a publicação do jornal Der Spiegel.

    "As sanções da União Europeia contra Moscou impulsionadas pela reunificação da Crimeia com a Rússia e a guerra no leste ucraniano existem desde 2014 e foram prolongadas até final de janeiro de 2017. Mas será que fará falta endurecê-las por conta da situação na Síria?", questiona a publicação alemã.

    Representantes de diferentes partidos políticos do país apresentam diversos pontos de vista sobre as restrições a Moscou. 

    Enquanto muitos políticos alemães ainda pressionam para a imposição de novas sanções contra a Rússia por conta da sua atuação diante do conflito sírio, e apoiam as restrições por conta do conflito ucraniano, as medidas dividem opiniões no Bundestag (parlamento alemão). 

    Para o ministro das Relações Exteriores Franz-Walter Steinmeier, o crescente endurecimento das relações entre Rússia e EUA apresenta um dilema que faz com que seja necessário encontrar um compromisso e uma solução pacífica.

    "Seu enfoque segue sendo moralmente correto, já que só a compreensão política pode ajudar os sírios. Avaliar possíveis novas medidas de punição agora não vai ajudar o povo sírio", disse o porta-voz da política externa do Partido Socialdemocrata, Niels Annen. 

    A edição também observa  que Merkel tampouco parece estar pensando em expandir as medidas punitivas, seguindo o percurso indicado por Steinmeier. "As medidas existentes já são bastante controversas, especialmente nos Estados do leste, que estão sofrendo perdas devido ao declínio das exportações", argumenta o Der Spiegel. 

    Segundo a publicação, a situação atual empurra muitos políticos a reconsiderar a necessidade e racionalidade das medidas punitivas. 

    Mais:

    Presidente do Conselho Europeu defende manutenção das sanções anti-russas
    EUA continuam 'jogo sujo das sanções' contra Rússia
    Deputado alemão se opõe às sanções contra Rússia por causa da Síria
    Senado dos EUA pensa em introduzir novas sanções contra Rússia
    Parlamento alemão confirma planos de introdução de novas sanções contra Rússia
    Tags:
    sanções, Der Spiegel, Frank-Walter Steinmeier, Angela Merkel, Síria, Rússia, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar