12:29 25 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    2026
    Nos siga no

    O projeto de resolução submetido pela Rússia no Conselho de Segurança das Nações Unidas, pedindo a retirada dos terroristas da Frente al-Nusra de Aleppo, foi rejeitado neste sábado, com vários países se negando a apoiar a medida.

    Representante permanente da Rússia na ONU, Vitaly Churkin
    © AFP 2019 / EDUARDO MUNOZ ALVAREZ
    Moscou havia apresentado uma alternativa à resolução francesa, vetada mais cedo, para acabar com a crise em Aleppo, propondo a saída das forças extremistas de forma a facilitar os esforços de reconciliação entre Damasco e os rebeldes da chamada oposição moderada. No entanto, o bloco ocidental da ONU se recusou a apoiar a proposta.  

    A ideia por trás do projeto russo tinha como base observações do enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, que viu a remoção dos notórios terroristas, ex-afiliados da Al-Qaeda, como uma medida positiva e potencialmente útil para reduzir o nível de violência em Aleppo. Mas essa proposta recebeu quatro votos a favor e nove contra. Dois países se abstiveram de votar.

    Mais:

    Resolução de Moscou sobre a Síria 'pegou todos de surpresa'
    Rússia apresenta resolução alternativa para Síria no CS da ONU
    Tags:
    Conselho de Segurança da ONU, ONU, Al-Qaeda, Staffan de Mistura, Aleppo, Moscou, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar