18:07 21 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Hacker

    Washington acusa governo russo de ordenar ataques hacker aos EUA

    © AFP 2018/ THOMAS SAMSON
    Mundo
    URL curta
    15316

    O Ministério da Segurança Interna e o Gabinete do Diretor de Inteligência Nacional dos EUA emitiram hoje (7) uma declaração conjunta acusando o governo russo de estar por trás dos ataques hacker realizados este ano contra instituições americanas com o objetivo de interferir no sistema eleitoral dos EUA.

    “A comunidade investigativa dos EUA está certa de que o governo da Rússia foi o mandante dos recentes ataques a correspondências eletrônicas de pessoas e instituições, incluindo organizações políticas dos EUA. As recentes publicações de cartas eletrônicas supostamente roubadas em sites como DCLeaks.com, WikiLeaks e por Guccifer 2.0 estão em conformidade com os métodos e com a motivação de ações usados pela Rússia. Esses roubos e publicação de informações são usados para interferir no processo eleitoral dos EUA” – diz o comunicado conjunto.

    A julho, a presidente do Partido Democrata dos EUA, Debbie Wasserman Schultz, renunciou ao cargo após a publicação, pelo Wikileaks, de documentos que questionam a sua imparcialidade na corrida presidencial. Os dados teriam sido vazados pelo hacker Guccifer 2.0, que em seguida chegou a publicar outras informações comprometedoras ligadas ao Comitê Nacional democrata. Hacker também chegaram a atacar sistemas de outras organizações do Partido Democrata ligados à realização das eleições. Já o portal DCLeaks.com foi vinculado ao possível roubo por hackers de dados do passaporte da primeira-dama dos EUA, Michelle Obama.

    Fontes do FBI de diversas mídias americanas deram a entender que os servidores teriam sido atacados por hacker russos e que o governo da Rússia estaria tentando influenciar as eleições à Presidências dos EUA. As acusações foram refutadas por Moscou.

    Tags:
    hacker, acusação, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik