10:37 18 Junho 2018
Ouvir Rádio
    John Kirby, porta-voz do Departamento de Estado dos EUA

    EUA recuam e afirmam que Rússia não é culpada por crimes de guerra na Síria

    © flickr.com/ Chuck Hagel
    Mundo
    URL curta
    39345

    Os Estados Unidos não estão preparados para dizer que acreditam que a Rússia seja culpada por crimes de guerra na Síria. A declaração é do porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, John Kirby, nesta sexta-feira (7).

    Anteriormente, o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, havia declarado que a violência ininterrupta na cidade síria de Aleppo demandava uma investigação de crimes de guerra. 

    "Os atos da Rússia na Síria pedem uma investigação apropriada sobre crimes de guerra, e aqueles que cometem estes crimes devem ser responsabilizados por essas ações", declarou Kerry em reunião com o chanceler francês, Jean-Marc Ayrault, no começo desta sexta-feira. 

    Ao ser questionado por jornalistas se Kerry estava pronto para afirmar que a Rússia é culpada por crimes de guerra na Síria, o porta-voz do Departamento de Estado negou tal alusão a Moscou. 

    "Não, e o secretário não aludiu a isso hoje", afirmou Kirby. 

    Mais:

    Moscou alerta Kerry para consequência de suas acusações contra a Rússia
    Kerry diz que ações da Rússia pedem investigação de crimes de guerra em Aleppo
    Rússia pode permitir que al-Nusra deixe Aleppo com armas na mão
    Tags:
    crimes de guerra, John Kirby, John Kerry, Aleppo, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik