01:09 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    17219
    Nos siga no

    O porta-voz do presidente dos EUA, Josh Ernest, declarou hoje (4), em coletiva de imprensa, que a Casa Branca não exclui introduzir novas sanções contra Síria e Rússia.

    “Já demos a entender, com relação à situação na Síria, que o presidente [Barack Obama] pode recorrer a uma série de possibilidade para isolar o regime [sírio] e, possivelmente, os russos, pelo seu apoio ao regime. As sanções estão dentre estes possíveis instrumentos” – disse Ernest. 

    Nas suas palavras, após recorrer a sanções no decorrer de muitos anos, os EUA chegaram à conclusão que o seu efeito é o melhor possível “quando o uso deste instrumento é coordenado com nossos parceiros e aliados em todo o mundo”.

    “Daremos sequência a estas consultas [a respeito das sanções]” – acrescentou Earnest.

    No início desta semana os EUA anunciaram o rompimento de sua cooperação com Moscou na Síria. A chancelaria russa lamentou a decisão de Washington e indicou que a mesma se deveu à incapacidade dos EUA de cumprir suas obrigações assumidas no âmbito do recente acordo entre os dois países sobre a resolução da crise síria.

    Mais:

    EUA não excluem sanções contra a Rússia em caso de fracasso diplomático
    Casa Branca:'sanções se revelaram um instrumento útil para promoção dos nossos interesses'
    Grã-Bretanha pode impor novas sanções à Rússia
    Tags:
    sanções, Josh Earnest, Síria, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar