04:35 26 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    58543
    Nos siga no

    A China fez declarações duras neste sábado contra os EUA, ao comentar a decisão norte-americana de instalar sistemas de defesa antimíssil THAAD na Coreia do Sul, informou Agência Brasil.

    Segundo Agência Brasil, um artigo publicado no Diário do Povo, jornal oficial do Partido Comunista da China, diz que os EUA “pagarão o preço” por “ameaçar os interesses estratégicos dos países da região”.

    “Washington e Seul estão destinados a pagar um preço por isso e a receber um contra-ataque adequado”, diz o texto.

    Em julho de 2016, após 5 meses de discussões, os EUA e a Coreia do Sul acordaram o deslocamento do THAAD, que visa interceptar mísseis da Coreia do Norte.

    A instalação do THAAD provoca inquietação da China e da Rússia. O Japão manifestou-se a favor, acrescentando que o THAAD vai contribuir para a paz e a estabilidade na região.

    Pequim acredita que a instalação da defesa antimíssil pode colocar em risco a segurança na península e alimentar as tensões com Pyongyang. “Como qualquer outro país, a China não pode ficar indiferente a questões de segurança que impactam em seus interesses primários”, afirma o Diário do Povo.

    Mais:

    Assunto delicado: THAAD na região do Pacífico promete criar problemas
    Instalação de THAAD viola direitos humanos constitucionais
    Alguém quer jogar com eles? Coreia do Sul vai colocar seu THAAD em campo de golfe
    EUA não renunciam a seus planos: instalação de THAAD não é negociável
    Tags:
    Defesa antimíssil (DAM), Defesa, THAAD, Coreia do Sul, Coreia do Norte, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar