00:41 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Uma criança curda perto da sua casa destruída na cidade de Cizre

    Turquia destrói alvos curdos no Iraque

    © AP Photo/ Ayse Wieting
    Mundo
    URL curta
    925

    Militares turcos destroem vários abrigos curdos e depósitos de munição no norte do Iraque, matando quatro combatentes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) na província de Hakkari, no sudeste turco. A informação foi noticiada pela imprensa local nesta quinta-feira (29), citando o Estado-Maior turco.

    Além disso, as forças turcas também impediram que dois corpos de combatentes do PKK fossem devolvidos às suas famílias na província de Mardin. A agência de notícias Anadolu também informou que o número total de combatentes do PKK mortos na província de Hakkari já soma um número de 330 pessoas. 

    A tensão entre Ancara e o PKK teve uma escalada em julho de 2015 quando o cessar-fogo entre as duas partes falhou após uma série de ataques terroristas supostamente cometidos por membros do PKK. 

    As autoridades turcas impuseram uma série de toques de recolher em cidades povoadas pela população curda no sudeste do país, impedindo os civis de fugir das regiões onde ocorrem as operações militares.

    Considerado uma organização terrorista por parte de Ancara, O PKK busca a autonomia do povo curdo em uma insurgência que já dura três décadas no sudeste do país, onde vivem mais de 15 milhões de curdos. 


    Mais:

    Ancara: Uso de curdos na libertação de Raqqa ameaça futuro da Síria
    Confrontos com curdos deixam 6 soldados mortos no sudeste da Turquia
    Turquia tenta 'quebrar aliança entre EUA e curdos sírios'
    Erdogan: Armas americanas entregues aos curdos passam para o Daesh
    Turquia vs. curdos sírios: disputa entre dois lados tem um claro vencedor, os EUA
    Tags:
    terrorismo, ataque, curdos, Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), Iraque, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik