22:40 18 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    931
    Nos siga no

    As dificuldades nas negociações entre a Rússia e os EUA para uma solução pacífica do conflito na Síria não afetam a realização do memorando sobre segurança de voos, disse à Sputnik o representante do Departamento de Estado, Mark Toner.

    Sergei Lavrov e John Kerry em Viena
    Ministério das Relações Exteriores da Federação da Rússia
    “A zona de segurança permanece, porque isso é importante. Isso (as dificuldades nas negociações — red.) não influenciam (no memorando —red.)”, respondeu Toner à pergunta da agência Sputnik sobre se o memorando entre os militares dos dois países continua em vigor, mesmo no caso de não se chegar a um acordo sobre Síria. 

    Na quarta-feira, o Departamento de Estado dos EUA informou que o secretário de Estado, John Kerry, disse ao ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, que pretende interromper a cooperação com a Rússia na Síria, se a Rússia não adotar medidas para a restauração do cessar-fogo no país do árabe. 

    O memorando de entendimento para prevenção de incidentes e garantia de segurança dos voos no âmbito da realização de operações no espaço aéreo da Síria foi assinado por militares da Rússia e dos EUA e entrou em vigor no dia 20 de outubro de 2015.

    Mais:

    EUA: interesse cauteloso em manter contato com a Rússia sobre Síria
    Moscou publica texto do acordo entre EUA e Rússia sobre Síria
    EUA impõem termos à Rússia para firmar novos acordos sobre Síria
    The Nation: EUA se sentem 'insultados' por Rússia criar obstáculos à sua ordem mundial
    Tags:
    Memorando de Entendimento, Departamento de Estado, Mark Toner, Síria, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar