18:00 18 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Representante oficial do Departamento de Estado dos EUA, Mark Toner

    Em disputa de versões, EUA negam fornecer armas à Frente al-Nusra

    CSPAN (Screenshot)
    Mundo
    URL curta
    39023

    O Departamento de Estado dos EUA negou nesta segunda-feira (26) as informações divulgadas nos meios de comunicação de que o grupo terrorista Frente al-Nusra teria recebido armas de Washington.

    "Nós nunca fornecemos à Frente al-Nusra qualquer ajuda. Nós a classificamos como uma organização terrorista internacional, filial da Al-Qaeda e vamos buscar a sua eliminação", afirmou o representante oficial do Departamento de Estados, Mark Toner. 

    Anteriormente, um importante comandante da Frente al-Nusra (proibida na Rússia) havia declarado em entrevista ao jornal alemão Kölner Stadt-Anzeiger que os EUA tinham fornecido à organização sistemas antitanque TOW. 

    O comandante do grupo terrorista chegou a comentar que o armamento chega "diretamente dos EUA" e eles seriam "seus aliados". 

    Em conexão com os acordos alcançados entre a Rússia e os EUA em 9 de setembro, Washington concordou com Moscou com uma série de ações a serem tomadas em relação à Frente al-Nusra, em particular, adotar medidas contra esta organização em caso de violações na zona desmilitarizada. Além disso, foi acertado a criação de um mapa de posições do Daesh (Estado Islâmico) e da Frente al-Nusra para a realização de futuros ataques. 

    Mais:

    Comandante da Frente al-Nusra: recebemos armas diretamente dos EUA
    Exército sírio, com apoio de aeronaves russas, elimina 100 extremistas da Frente al-Nusra
    Frente al-Nusra lança ampla ofensiva contra Exército da Síria em Aleppo
    Comando russo: Rebeldes sírios se juntam à Frente al-Nusra para ofensiva
    Tags:
    armas, Frente al-Nusra, Departamento de Estado dos EUA, Mark Toner, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik