23:40 20 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Reunião do Conselho da Segurança da ONU em Nova York

    Rússia não concordará mais com medidas unilaterais sobre Síria

    © REUTERS/ Brendan McDermid
    Mundo
    URL curta
    Um ano da operação russa na Síria (24)
    86748642

    O representante permanente da Rússia na ONU, Vitaly Churkin, afirmou neste domingo (25) que a Rússia não irá mais concordar com passos unilaterais no conflito da Síria.

    Ao discursar reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre a Síria, o diplomata russo falou sobre a pré-condição de interromper unilateralmente os voos de sua força aérea como parte do acordo de cessar-fogo no país. 

    "Primeiro disseram: por três dias. Nós concordamos. Depois disseram: 'Não, o presidente dos EUA decidiu que são precisos sete dias'", disse Churkin. 

    "Tais truques táticos não pode continuar indefinidamente, Não concordaremos mais com medidas unilaterais", frisou.

    Ele ainda disse que é uma tarefa quase impossível o retorno da Síria para a paz, pois centenas de grupos armados estão operando no país, bombardeando seu território.  

    Na segunda-feira (19) expirou o cessar-fogo que havia sido acordado entre Rússia e EUA em 9 de setembro para entrar em vigor em 12 de setembro.

    A Rússia tem afirmado repetidamente que seleciona cuidadosamente os alvos para ataques aéreos na Síria, e em relação às acusações de que a Rússia supostamente ataca alvos civis na Síria, nunca foram encontradas quaisquer evidências.

    O Conselho de Segurança marcou uma reunião urgente para discutir a situação em Aleppo neste domingo (25), por iniciativa dos EUA, França e Grã-Bretanha. 

    Tema:
    Um ano da operação russa na Síria (24)

    Mais:

    Ban Ki-Moon: Conflito em Aleppo é o mais intenso de toda a guerra na Síria
    'Retorno da Síria para a paz tornou-se quase impossível', diz embaixador da Rússia na ONU
    Reino Unido acusa Rússia de prolongar guerra na Síria e piorar situação no país
    Ex-conselheiro de Obama: Casa Branca fez da Síria um 'problema do inferno'
    Rússia registra 28 violações do cessar-fogo na Síria em 24 horas
    Tags:
    Conselho de Segurança da ONU, ONU, Vitaly Churkin, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik