11:10 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Foto em grupo dos líderes do G20 na cerimônia da abertura da cúpula, Hangzhou, 4 de stembro de 2016

    China inaugura centro anticorrupção do G20

    © REUTERS/ Damir Sagolj
    Mundo
    URL curta
    526351

    O Centro Internacional Anti-Corrupção dos países do G20, que vai lidar com questões relacionadas ao retorno de funcionários corruptos fugitivos no exterior, foi inaugurado oficialmente nesta sexta-feira (23) em Pequim. A informação é da agência de notícias Xinhua.

    Como resultado da última cúpula do G20 realizada no início de setembro em Hangzhou, os líderes das 20 maiores economias do mundo saudaram a criação do Centro de Pesquisa e investigação sobre o retorno de ativos de corruptos fugitivos para países-membros do G20.   

    Anteriormente, a publicação da China Daily havia informado que o centro vai começar a operar nos próximos meses, com base na universidade pedagogia em Pequim.

    A cerimônia de abertura contou com a presença de representantes do Ministério das Relações Exteriores da China, Ministério da Educação e a Universidade de Pedagogia de Pequim, assim como diplomatas dos países-membros do G20 na China e representantes de organizações internacionais.

    Anteriormente, havia sido relatado que o centro irá contar com a atuação de dezenas de especialistas da China e de outros países do G20, especializados na luta contra a corrupção. 

    Mais:

    Milhares de brasileiros invadem página do G20 no Facebook para protestar contra Temer
    Temer embarca de volta ao Brasil, após participar da cúpula do G20 na China
    Serra discute energia limpa e redução de barreiras no comércio internacional no G20
    Paralelo à G20, Temer se encontra com líderes do Japão, Espanha, Arábia Saudita e Itália
    Tags:
    educação, corrupção, China Daily, Cúpula do G20, G20, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik