08:03 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Conselho de Segurança da ONU

    Brasil, Alemanha, Índia e Japão debatem reforma do Conselho de Segurança da ONU

    © AP Photo / Seth Wenig
    Mundo
    URL curta
    71ª Assembleia Geral da ONU (31)
    1154

    Os Ministros das Relações Exteriores do G4 – Brasil, Alemanha, Índia e Japão – se reuniram hoje (21) em Nova York para confirmar seu compromisso com a defesa de uma ampla reforma do Conselho de Segurança da ONU diante das novas realidades geopolíticas do século 21.

    A reunião foi convocada pelo Ministro do Exterior da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, e contou com a presença dos chanceleres José Serra, do Brasil, Fumio Kishida, do Japão e M. J. Akbar, da Índia.

    "Mais de 70 anos após a fundação das Nações Unidas, o Conselho de Segurança também precisa adaptar-se, a fim de lidar com os crescentes desafios globais. Tendo em vista os múltiplos conflitos e crises humanitárias, um Conselho mais representativo, legítimo e eficaz faz-se, mais do que nunca, imprescindível para garantir a paz e a segurança em todo o mundo" – diz a nota emitida por Itamaraty após o encontro.

    Conselho de Segurança da ONU
    © flickr.com / Chris Bodenner
    De acordo com o comunicado, os ministros saudaram as reuniões do Grupo de Amigos sobre a Reforma do Conselho de Segurança, que reuniu altos representantes de Estados Membros de diferentes regiões com o objetivo unir esforços para finalmente concretizar uma reforma significativa.

    Os ministros do G4 expressaram seu apoio a uma representação regional equitativa, sublinhando ser imperativo que a África esteja representada tanto de forma permanente como não permanente, além de adequada e contínua representação de países pequenos e médios, incluindo Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento, em um Conselho de Segurança reformado.

    As diplomacias dos quatro países reiteraram seu propósito de continuar contribuindo para o cumprimento dos objetivos e princípios da Carta da ONU, e enfatizaram que os países do G4 são candidatos legítimos para assentos permanentes, e apoiaram mutuamente suas aspirações.

    Vale lembrar que a reforma do Conselho de Segurança foi igualmente defendida pelo Presidente Michel Temer eu seu discurso inaugural na 71ª Assembleia Geral da ONU, em Nova York.

    Tema:
    71ª Assembleia Geral da ONU (31)
    Tags:
    reforma, Conselho de Segurança da ONU, G4, Japão, Índia, Alemanha, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik