10:49 17 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

    Maduro garante que ninguém tira Venezuela do Mercosul

    © REUTERS / Carlos Garcia Rawlins
    Mundo
    URL curta
    122

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse nesta terça-feira que o seu país vai permanecer no Mercosul, apesar das ameaças da Argentina, do Paraguai e do Brasil.

    “Essa Tríplice Aliança <…> do Paraguai, Brasil e Argentina não possui um nome, e não pode desafiar a presidência pro tempore da Venezuela no Mercosul. Agora eles dizem que vão nos expulsar <…> Se nos botam da porta pra fora, entraremos pela janela. Mas ninguém tira a Venezuela do Mercosul ", disse o presidente.

    Durante seu programa semanal, o presidente disse que seu país é "a alma do Mercosul" e que o objetivo dos três países não é remover a Venezuela, mas "desmembrar" bloco e “entregar ao imperialismo".

    A crise no Mercosul teve início no final de julho, quando o Paraguai, Brasil e Argentina se opuseram a transferir a presidência semestral do bloco para a Venezuela, na sequência de divergências políticas sobre a situação interna do país.

    Mais:

    Maduro garante que Venezuela seguirá no Mercosul
    Venezuela: oposição sai às ruas de Caracas e pede referendo contra Maduro
    Venezuela rejeita ultimato da 'Tríplice Aliança' Brasil-Argentina-Paraguai sobre Mercosul
    Deputado do Parlasul denuncia complô para afastar de vez a Venezuela do Mercosul
    Tags:
    Mercosul, Nicolás Maduro, Paraguai, Venezuela, Argentina, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik