21:19 20 Julho 2018
Ouvir Rádio
    O presidente do Brasil, Michel Temer, discursa na Assembleia Geral da ONU

    Michel Temer defende na ONU a constitucionalidade do impeachment

    © AP Photo / Richard Drew
    Mundo
    URL curta
    71ª Assembleia Geral da ONU (31)
    214

    Como é tradição na ONU, cabe ao Brasil pronunciar o discurso de abertura da Assembleia Geral. Nesta terça-feira, 20, o Presidente Michel Temer fez sua fala na instalação da 71.ª Assembleia Geral das Nações Unidas, abordando diversas questões nacionais e internacionais.

    Entre outros aspectos, Temer salientou em seu discurso que o processo de impeachment de sua antecessora, Dilma Rousseff, e sua consequente ascensão ao poder se deram de forma constitucional.

    Ele destacou ainda a democracia plena no Brasil, o funcionamento harmônico dos Poderes da República, a liberdade de imprensa e expressão, a atuação do Ministério Público, a “potência ambiental” em que o Brasil se transformou e a receptividade que o país tem dado a migrantes e refugiados. Temer aproveitou a oportunidade do discurso para criticar países que adotam políticas protecionistas em detrimento das exportações brasileiras, notadamente dos produtos agrícolas.

    "O presidente teve oportunidade de demonstrar como o Ministério Público tem atuado de forma autônoma, como a Polícia Federal vem se esmerando em investigações e no cumprimento de decisões judiciais"

    Comentando para a Sputnik o pronunciamento de Michel Temer na ONU, o economista e Deputado Federal Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) observa:

    “O discurso de Michel Temer perante as Nações Unidas revelou o estadista que ele é, o seu poder de oratória e a credibilidade que ele demonstrou diante da comunidade internacional. O presidente deixou bem claro que há uma democracia plena no Brasil, com funcionamento harmônico dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, e que a sua chegada ao poder, resultado de um processo legal de impeachment de sua antecessora, resultou de procedimentos determinados por leis, com pleno respaldo do Supremo Tribunal Federal. O presidente teve oportunidade de demonstrar como o Ministério Público tem atuado de forma autônoma, como a Polícia Federal vem se esmerando em investigações e no cumprimento de decisões judiciais", destacou. 

    Tema:
    71ª Assembleia Geral da ONU (31)

    Mais:

    Para CUT, discurso de Temer na ONU repete clichês para justificar impeachment de Dilma
    Temer inaugura 71ª Assembleia Geral da ONU
    Na ONU, Temer defende direitos de refugiados e que acolhimento é responsabilidade mundial
    Tags:
    impeachment, PSDB, Assembleia Geral da ONU, Michel Temer, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik