02:37 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Celebração do acordo histórico de cessar-fogo entre FARC e governo colombiano nas ruas de Bogotá

    Colômbia: FARC iniciam debate para abandonar luta armada

    © REUTERS / John Vizcaino
    Mundo
    URL curta
    202
    Nos siga no

    As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) iniciaram neste sábado (17) o debate para abandonar a luta armada no país, informou Agência Brasil.

    “O futuro da Colômbia está em suas mãos”, disse o líder da guerrilha, Rodrigo Londoño Echeverri, conhecido como Timochenko, ao abrir a semana de debates para votar o acordo de paz alcançado com o governo colombiano e a dissolução como grupo armado para se converter em partido político.

    Timochenko abriu oficialmente neste sábado a 10º Conferência Guerrilheira das FARC, que reúne cerca de 200 delegados da guerrilha na região de El Diamante, no Sul da Colômbia. A reunião vai até o dia 23 de setembro.

    Durante esta semana de deliberações, espera-se que as FARC aprovem o acordo de paz e a dissolução do grupo como organização armada. Os principais chefes da guerrilha voltaram à Colômbia após quatro anos de negociações em Havana, capital de Cuba, que sediou a discussão do processo de paz.

    O governo colombiano suspendeu por uma semana a prisão de 24 membros das FARC para que eles possam participar da conferência.

    Depois da assinatura do acordo entre as FARC e o governo, prevista para o próximo dia 26, o texto será submetido a um plebiscito no dia 2 de outubro, em que os colombianos dirão se aprovam o seu conteúdo.

    Mais:

    Obama se reunirá com o Santos para discutir a paz com as FARC
    Presidente da Colômbia anuncia cessar-fogo definitivo com as FARC
    Washington reconhece papel de Cuba na resolução do conflito com as FARC na Colômbia
    Governo da Colômbia e FARC finalizam acordo definitivo de paz
    Tags:
    acordo de paz, FARC, Rodrigo Londoño, Colômbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar