14:15 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Pyotr Poroshenko, presidente da Ucrânia, em reunião de gabinete em Kiev

    Poroshenko anuncia novas sanções antirussas relacionadas com Crimeia

    © REUTERS / Andrew Kravchenko
    Mundo
    URL curta
    4015

    O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, anunciou durante uma reunião do Conselho de Segurança Nacional e Defesa a decisão de estender as sanções contra entidades e indivíduos russos por conta da anexação da Crimeia.

    As novas restrições, de acordo com o presidente, serão aplicadas contra empresas do setor de defesa e instituições financeiras na Rússia que prestam apoio às milícias de Donetsk e Lugansk, bem como a companhias marítimas e aéreas que cooperam com a Crimeia.

    "Trata-se de empresas operadoras, navios e aeronaves, que ao visitar a Crimeia apesar da severa proibição ucraniana, cometem uma grave violação das leis ucranianas", disse Poroshenko em comunicado divulgado no site da presidência.

    O presidente também propôs a imposição de sanções para as pessoas que se candidataram na Crimeia para as eleições parlamentares russas em 18 de setembro. Para estes, a vitória nas eleições seria equivalente, segundo ele, à entrada para o "clube dos sancionados".

    A Crimeia foi reintegrada à Rússia em março de 2014 após um referendo em que uma maioria de 96% da população da península votou para fazer parte da Federação Russa.

     

    Mais:

    Ucrânia se indigna com visita de Putin e Medvedev à Crimeia
    Governo da Crimeia pretende inaugurar voos para China, com objetivo de impulsionar turismo
    Considerando Crimeia parte da Ucrânia, Poroshenko recusa realização de eleições russas
    Ucrânia envia carta para diplomacia russa protestando contra visita de Shoigu à Crimeia
    Tags:
    empresa, sanções, Pyotr Poroshenko, Rússia, Crimeia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar