14:15 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Entrada do edifício J. Edgar Hoover, sede do FBI

    FBI divulgou relatório sobre e-mails de Hillary Clinton

    © AFP 2019 / Brendan SMIALOWSKI
    Mundo
    URL curta
    306

    O FBI divulgou nessa sexta-feira (2) um relatório detalhado de sua investigação sobre o uso de servidores de e-mail privados por Hillary Clinton quando ela foi secretária de Estado norte-americana, informou Agência Brasil.

    O documento de 58 páginas inclui uma síntese do interrogatório da candidata democrata à Casa Branca sobre o caso, mas algumas páginas estão marcadas como confidenciais. Em junho passado, o FBI decidiu não incriminar Hillary, após ter concluído que não havia provas de que a ex-secretária e sua equipe queriam violar a lei, embora tenham sido "extremamente negligentes".

    Das mais de 30 mil mensagens analisadas, 110 continham "informações confidenciais". Segundo o FBI, é possível que "atores hostis" tenham tido contato com esses e-mails.

    Enquanto foi secretária de Estado, Hillary usou um servidor privado para enviar mensagens oficiais, impedindo as autoridades norte-americanas de terem acesso aos registros de suas comunicações profissionais, como é praxe para quem ocupa cargos públicos.

    Mais:

    Liderança de Clinton sobre Trump recuou para os níveis de julho
    FBI: Atores internacionais hostis tiveram acesso ao e-mail de Hillary Clinton
    Líder de partido francês chama Hillary Clinton de 'fonte de guerras'
    Assange: campanha de Clinton é histeria anti-Rússia
    O escândalo que pode pôr fim à campanha de Hillary Clinton
    Tags:
    investigação, relatório, FBI, Hillary Clinton, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar