14:39 18 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Chanceler russo Sergei Lavrov na conferência da imprensa da OTAN, Bruxelas 2011

    Lavrov: OTAN se transformou em uma organização ideológica

    © AFP 2019 / J. SCOTT APPLEWHITE
    Mundo
    URL curta
    12121
    Nos siga no

    A OTAN se transformou em uma organização ideológica, cujos membros tentam demonstrar uns para os outros as capacidades de encontrar argumentos anti-russos, disse o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, em entrevista à editora do Conselho de política externa e de defesa da Rússia.

    O ministro lembrou que os colegas da OTAN chegaram a afirmar que o Conselho Rússia-OTAN deve funcionar “faça chuva, faça sol”, e mais ainda em casos de “temporal”.

    “Deu um temporal da Ucrânia e eles fecharam o Conselho Rússia-OTAN. Agora tentam abrir novamente”, disse Lavrov.

    O ministro disse que a Rússia participou de reuniões para a reabertura do conselho e apresentou uma série de propostas, inclusive uma análise da situação militar na Europa, para avaliar o presente e determinar caminhos de preservar os interesses de cada país.

    Ele lembrou que a Rússia também convidou os colegas da OTAN a participar de exercícios militares a serem realizados no Cáucaso, bem como ao fórum internacional “Army-2016”. 

    “Da parte da Aliança do Atlântico Norte não houve propostas. Ficou a impressão de que o Conselho Rússia-OTAN foi convocado só para “bater ponto” mais uma vez sobre os temas referentes à Ucrânia. Isso significa que a aliança do Atlântico Norte se transformou em um tipo de organização ideológica, cujos membros tentam demonstrar uns para os outros as respectivas capacidades de encontrar argumentos anti-russos”, disse o chefe da diplomacia russa.  

    Sergei Lavrov argumentou em favor da retomada de relações de respeito mútuo e disse acreditar que existem membros da OTAN que concordam com ele. 

    «Claro que não são todos a agir assim. Há pessoas na organização que entendem o vazio deste caminho e a necessidade da retomada de relações normais e de respeito. Porque imaginar que só a sua lógica e a sua abordagem deve servir para todo mundo faz parte de um pensamento colonialista. Infelizmente esse pensamento aparece no discurso de alguns políticos, principalmente em países que não conseguem se resignar com o fim do império. É preciso ter mais humildade e possuir uma visão objetiva da sua real importância no mundo”, concluiu o ministro.

    Mais:

    Chefe das Forças Armadas dos EUA acusa Rússia de tentativa de arruinar a OTAN
    Rússia e Bielorrússia discutem presença da OTAN na Europa Oriental
    Rússia apresenta propostas de restabelecer cooperação com a OTAN
    Ministro alemão: Rússia e Turquia não conseguirão criar alternativa à OTAN
    Tags:
    Defesa, relações internacionais, Conselho Rússia-OTAN, OTAN, Sergei Lavrov, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar