17:46 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Apple Store

    EUA adverte UE contra 'medidas unilaterais' em caso bilionário da Apple na Irlanda

    © flickr.com/ Andy
    Mundo
    URL curta
    145506

    A Casa Branca advertiu a União Europeia nesta terça-feira (30) contra a tomada de medidas "unilaterais", após Bruxelas ter exigido que a Apple, gigante da tecnologia baseada na Califórnia, devolvesse 13 bilhões de euros (cerca de US$ 14,5 bilhões) relativos a vantagens fiscais concedidas à corporação pela Irlanda.

    "Estamos preocupados com uma abordagem unilateral", disse o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, acrescentando que a decisão da União Europeia contra a companhia norte-americana "ameaça minar o progresso que temos feito em colaboração com os europeus para tornar justo o sistema internacional de tributação".

    "Esta prática é ilegal de acordo com as normas da UE em termos de ajudas do Estado, já que permitiu à Apple pagar muito menos impostos que as demais empresas sobre praticamente a totalidade dos lucros gerados por suas vendas na UE", explicou a Comissão Europeia, acrescentando que "a Irlanda deve agora recuperar os impostos não pagos pela Apple em seu território entre 2003 e 2014, a saber, 13 bilhões de euros mais os juros".

    O governo da Irlanda e a Apple anunciaram que pretendem recorrer da decisão da Comissão Europeia.

    Mais:

    'Relógios inteligentes' da China competem com Apple americana
    Apple e McDonald's soviéticos: Como seriam as marcas mundiais se tivessem nascido na URSS
    Apple vs FBI: Uma questão de direitos humanos
    Tags:
    tributação, impostos, Comissão Europeia, União Europeia, Apple, EUA, Europa, Irlanda
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik