10:08 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Crianças e mulheres num edifício para civis deslocados em Makhmour, ao leste de Mossul, Iraque (Foto de arquivo)

    Conflito em Mossul pode gerar 1,2 milhões deslocados

    © AP Photo/ Alice Martins
    Mundo
    URL curta
    335721

    Cerca de 1,2 milhões de iraquianos podem ser obrigados a abandonar a cidade iraquiana de Mossul devido ao agravamento do conflito na região. A informação é da Organização Internacional para as Migrações (OIM).

    Como as operações militares continuam, até 1,2 milhões de pessoas podem ser afetadas; alguns campos de deslocados formais foram instalados, mas não vai ter capacidade suficiente para acomodar a maioria dos recém-deslocados", diz a nota. 

    "A emergência humanitária no Iraque continua a se intensificar (…) são necessário fundos adicionais imediatos e uma coordenação mais estreita entre todos os atores para proteger e apoiar aqueles que buscam escapar do Daesh", disse o chefe da missão da OIM no Iraque, Thomas Lothar Weiss.

    Os terroristas do Daesh ocuparan a cidade de Mossul, a segunda maior cidade do Iraque, em 10 de junho de 2014. As forças iraquianas e milícias curdas estão preparando um ataque para libertar a cidade das mãos do Daesh.


    Mais:

    Forças iraquianas fecham o cerco contra Daesh em Mossul
    Daesh utiliza armas químicas na área de Mossul contra exército iraquiano
    Forças curdas libertam vilas em Mossul e repelem ataques do Daesh
    Daesh faz retirada de computadores e documentos de Mossul, no Iraque
    Liberação de Mossul será chefiada por famoso general iraniano
    Tags:
    refugiados, deslocados, conflito, Mossul, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik