22:56 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Navios militares dos EUA, USS Bonhomme Richard (primeiro de baixo), e USS Boxer (segundo de cima),  participam de exercícios navais com grupo de pronta-resposta da Unidade Anfíbia da Coreia do Sul, em Ssang Yong, 8 de março de 2016

    EUA, Coreia do Sul e Canadá começam exercícios no Pacífico com 75.000 militares

    © REUTERS/ U.S. Marine Corps/Cpl. Darien J. Bjornda
    Mundo
    URL curta
    1482223

    Os exercícios militares conjuntos Ulchi Freedom Guardian dos EUA, Canadá e Coreia do Sul envolverão 75 mil militares dos três países no Pacífico, segundo anunciou hoje (26) o Serviço de Notícias do Exército dos EUA.

    "É o maior exercício que fazemos com a Coreia durante todo o ano", disse o comandante dos EUA tenente-general Stephen Lanza.

    Os exercícios conjuntos desta semana se destinam a melhorar a prontidão de combate das tropas envolvidas, bem como a interoperabilidade EUA-Coreia do Sul à luz do aumento das tensões e da possibilidade de conflito com a Coreia do Norte.

    No total, 25 mil membros do serviço militar dos EUA vão se juntar a 50 mil homnes da Coreia do Sul nas manobras, vistas como parte da estratégia do presidente norte-americano Barack Obama para melhorar as parcerias de seu país na Ásia.

     

     

    Mais:

    Irmandade Eslava 2016: Sérvia e Rússia preparam exercícios aéreos conjuntos
    Países do Pacífico Norte realizam exercícios navais conjuntos
    China realiza exercícios para verificar capacidades militares
    Tags:
    exercícios navais, exercícios militares, Ulchi Freedom Guardian, Barack Obama, Coreia do Norte, Pacífico, Canadá, Coreia do Sul, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik