13:46 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Sobrevivente do ataque à Universidade Americana em Cabul recebe tratamento médico

    Afeganistão: Ataque à Universidade Americana em Cabul deixa 13 mortos

    © REUTERS/ Omar Sobhani
    Mundo
    URL curta
    0 01

    Treze pessoas foram mortas e quarenta ficaram feridas no ataque de ontem (24) à Universidade Americana do Afeganistão, em Cabul, de acordo com um relatório apresentado nesta quinta-feira (25) pelo Ministério do Interior do país centroasiático.

    O ataque começou na quarta-feira com uma forte explosão que, segundo disseram as autoridades, veio de um carro-bomba. Ela foi seguida por um tiroteio desencadeado por homens armados que entraram no campus, onde trabalham professores e estudantes estrangeiros.

    O ataque terminou nesta quinta de manhã. As forças especiais afegãs mataram dois dos atacantes. A polícia evacuou cerca de 700 a 750 estudantes da universidade, frequentada principalmente por jovens da elite afegã.

    O presidente afegão declarou que sete alunos, três membros das forças de segurança, dois guardas e um professor foram mortos no tiroteio. O ataque ainda não foi reivindicado por nenhum grupo.

    Ainda de acordo com a presidência afegã, os primeiros elementos da investigação sugerem que o ataque foi organizado a partir de células extremistas no Paquistão.

    O governo e o exército paquistaneses não fizeram nenhuma declaração sobre o assunto.

    Mais:

    Sobe para 12 mortos o número de vítimas do atentado na Universidade Americana
    Explosão e tiroteio em Universidade dos EUA em Cabul
    Universidade Americana do Afeganistão sob ataque; estudantes desesperados pedem socorro
    Tags:
    mortos, ataque, Universidade Americana do Afeganistão, EUA, Afeganistão, Cabul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik