16:58 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, durante a entrevista coletiva semanal, Moscou, Rússia, 12 de maio de 2016

    Rússia diz que exclusão de atletas paralímpicos é desumana

    © Sputnik/ Grigory Sysoev
    Mundo
    URL curta
    830

    O Ministério das Relações Exteriores da Rússia classificou como desumana a decisão do Tribunal de Arbitragem Esportivo de suspender a participação dos atletas russos nos Jogos Paralímpicos Rio-2016.

    "Hoje em dia está muito claro que esta decisão é injusta e está fora do marco da humanidade", disse a porta-voz da chancelaria russa, Maria Zakharova. 

    Ela acrescentou que a suspensão dos atletas russos das Paralimpíadas do Rio viola a Convenção da ONU sobre os direitos das pessoas com deficiência.

    O presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC em inglês) suspendeu no dia 7 de agosto a participação da seleção russa nos Jogos Paralímpicos, que vão ser realizados de 7 a 18 de setembro. 

    O CPR (Comitê Paralímpico Russo) apresentou uma apelação à Corte de Arbitragem do Esporte (CAS), que foi declinada na última terça-feira (23).

    Mais:

    Bielorrússia vai desfilar com bandeiras russas na abertura de Paralímpicos
    Esportistas russos não participarão dos Jogos Paralímpicos-2016 no Rio
    Ministério da Defesa vai ampliar programa de incentivo aos atletas paralímpicos
    Brasil vai promover cafés especiais durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos
    Tags:
    atletas, Paralimpíadas, Jogos Paralímpicos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik