07:53 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 261
    Nos siga no

    Agentes do Serviço Federal de Segurança (FSB, na sigla em russo) encontraram na região de Belgorod um esconderijo na floresta com mais de 50 granadas e um projétil para lançador múltiplo de foguetes Katyusha dos tempos da Segunda Guerra Mundial.

    As armas teriam sido escondidas por um grupo dos assim chamados “arqueólogos negros”, ou seja, ilegais, perto da aldeia de Olkhovka, informou neste domingo (21) a secretaria do FSB. 

    “O esconderijo teria sido organizado pelos assim chamados ‘arqueólogos negros’. No local encontrava-se um projétil reativo RS-M13 (do lançador múltiplo de foguetes Katyusha) e 54 granadas de várias modificações, com um total mais de 60 quilogramas de explosivo em equivalente trotil. Todas as munições confiscadas estavam em estado apto para combate”, diz-se no comunicado. 

    Os funcionários do FSB junto com os seus colegas do Ministério para Situações de Emergência apreenderam todas as munições, levaram-nas em um polígono e destruíram-nas.

    Tags:
    armas, Serviço Federal de Segurança (FSB), Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar