03:56 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Clérigo turco muçulmano Fethullah Gulen

    Gulen não acredita que será extraditado dos EUA para Turquia

    © AP Photo/ Selahattin Sevi, File
    Mundo
    URL curta
    864512

    O clérigo muçulmano oposicionista Fethullah Gulen, acusado pelas autoridades turcas de ter organizado uma tentativa de golpe militar no país, manifestou estar certo de que os EUA não econtrarão motivos legais, em documentos enviados pela Turquia, para a sua extradição.

    "Eu vi como funciona do seu sistema legal. Esse país defende a supremacia do direito. Eles não darão ouvidos a exigências vazias. EUA possuem a reputação de um país, que promove a supremacia do direito. Por isso eu penso que eles cumprirão todos os procedimentos necessários", disse Gulen em entrevista à emissora Al Arabiya, quando questionado se os EUA encontrariam motivos legais para a sua extradição para a Turquia em documentos e materiais encaminhados por Ancara. 

    Na noite de 15 de julho, grupos de insurgentes armados realizaram uma tentativa de golpe militar na Turquia. Os principais conflitos aconteceram em Ancara e em Istambul. Morreram 246 cidadãos, mas o número de baixas entre os insurgentes ainda não foi revelado. Mais de 2 mil pessoas ficaram feridas. O golpe foi suprimido.

    As autoridades da Turquia acusaram o clérigo muçulmano, Fethullah Gulen, de ter organizado o golpe e exigiram sua extradição dos EUA. Gulen condenou o golpe e negou seu envolvimento com os insurgentes.

    O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, declarou que Ancara encaminhou um pedido formal de extradição de Gulen aos EUA, acompanhado por documentos e materiais necessários para fundamentar o procedimento.

    Mais:

    Chanceler turco: Rússia foi a primeira a descobrir ameaça proveniente de Gulen
    Bulgária extradita homem das finanças de Gulen para a Turquia
    Erdogan acusa Gulen de minar relações entre Turquia e Rússia
    Fethullah Gulen denuncia nos EUA mandado de prisão emitido por Ancara
    Golpe na Turquia: Ancara emite mandado de prisão para Gulen nos EUA
    Tags:
    tentativa de golpe, extradição, Al-Arabiya, Mevlut Cavusoglu, Fethullah Gulen, EUA, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik