08:23 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    11112
    Nos siga no

    A subsecretária de Estado americana para Segurança Civil, Democracia e Direitos Humanos, Sarah Sewall, disse nesta quarta-feira que os EUA compreendem muito bem a importância de colaborar com o Cazaquistão na luta contra o terrorismo internacional.

    As eleições presidenciais no Cazaquistão, abril 2011
    © AFP 2020 / VYACHESLAV OSELEDKO
    "Os Estados Unidos veem com bons olhos o compromisso do Cazaquistão com uma abordagem mais ampla e mais preventiva do terrorismo. E estamos prontos para trabalhar com parceiros que se juntem a nós para acabar com essa ameaça compartilhada", declarou Sewall em comunicado oficial.

    Neste mês, Washington recebeu o segundo encontro ministerial do C5+1, que reúne representantes dos cinco países da Ásia Central (Cazaquistão, Quirguistão, Tajiquistão, Turquemenistão e Uzbequistão) e dos Estados Unidos. A reunião teve como foco aumentar os esforços mútuos para combater ameaças transfronteiriças e o tráfico de armas na região. Sobre essa questão, a subsecretária americana se disse impressionada com o comprometimento de seus parceiros cazaques na maneira de lidar com esses problemas.  

    Washington anunciou um investimento de 15 milhões de dólares em projetos de contraterrorismo na Ásia Central. 

    Mais:

    Líder do Cazaquistão diz para Putin que Poroshenko está pronto para acordos sobre Donbass
    Cazaquistão: Atirador de Almaty agiu por vingança e planejava matar juízes e promotores
    Existe ligação entre os eventos na Turquia, na Armênia e no Cazaquistão?
    Um policial morto e vários feridos em ataque no Cazaquistão
    Rússia entrega sistemas de defesa S-300 ao Cazaquistão
    Tags:
    segurança, terrorismo, Sara Sewall, Washington, Ásia Central, Uzbequistão, Turcomenistão, Tajiquistão, Quirguistão, Cazaquistão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar