05:46 17 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Avião russo do Ministério russo para Situações de Emergência Be-200 durante treinamentos

    Aeronaves russas combatem incêndios em Portugal

    © Sputnik / Ministério russo para Situações de Emergência
    Mundo
    URL curta
    10211

    Duas aeronaves anfíbias Be-200 do ministério das Emergências da Rússia impediram o alastramento de um incêndio no Parque Nacional da Peneda-Gerês, informou a assessoria de imprensa do órgão.

    “Graças ao trabalho da equipe do ministério das Emergências, foi impedido o alastramento de incêndios no Parque Nacional Peneda-Gerês”, disse à imprensa um representante do órgão russo. Ele revelou que as ações dos pilotos russos impediram o avanço do incêndio, salvando mais de 40 hectares de florestas. “No total, as aeronaves do ministério das Emergências realizaram 12 despejos de água, que somou 154 toneladas. Os dois Be-200 totalizaram 11 horas de voo”, explicou a assessoria de imprensa do ministério.

    As aeronaves Be-200 também estão combatendo incêndios na Ilha da Madeira, onde a situação está mais grave. “Amanhã este trabalho terá continuidade. Mais um Be-200 foi encaminhado para a aérea do incêndio, e uma segunda aeronave continuará o trabalho, assim que passar por uma revisão técnica”, disse o representante da pasta de Emergências.

    Ele especificou que um Be-200 continua combatendo os focos de incêndio. A segunda aeronave retornou ao aeroporto, em Leiria, em função de um problema técnico. Os pilotos russos trabalham em condições complexas, pois a fumaça é intensa na região das florestas. 

    A ajuda ao Portugal no combate aos incêndios está sendo realizada por determinação do governo da Rússia, atendendo um pedido de Lisboa.

    Mais:

    Portugal em chamas: Fogo atinge centro de Funchal na Madeira, moradores fogem para a costa
    Aviões russos iniciam combate a fogos em Portugal
    Portugal pede ajuda à Rússia no combate aos incêndios florestais
    Tags:
    incêndio florestal, incêndio, Be-200, ministério das Emergências, Ilha da Madeira, Rússia, Portugal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar