19:25 18 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Ex-diretor da CIA, Michael Morell

    Ex-diretor da CIA conspirou abertamente para matar russos e iranianos na Síria

    © AP Photo/ Manuel Balce Ceneta
    Mundo
    URL curta
    2125

    O ex-vice-diretor da CIA, Michael Joseph Morell, conspirou abertamente para cometer uma série de crimes de guerra na Síria. Ele admitiu suas intenções em entrevista no célebre programa de Charlie Rose.

    Durante a entrevista, transmitida pelo canal CBS, o ex-agente afirmou que os EUA deveriam tomar uma série de medidas encobertas "para matar os russos e iranianos" que combatem no Oriente Médio. 

    "Temos que fazer que os iranianos paguem seu preço na Síria. Temos que fazer que os russos também paguem seu preço", disse. 

    Ao ser questionado pelo entrevistador se o ex-agente estava se referindo a matar os russos e iranianos, Morell respondeu assim:

    "Sim. Sim. Encobertamente. Você não deve dizer ao mundo inteiro. Não se deve para no Pentágono e proclamar que nos dedicamos a isso. Só se deve assegurar de que em Moscou e Teerã saibam". 

    Morell disse que a iniciativa deve ser dada como "resposta" às baixas sofridas pelos EUA durante a invasão do Iraque, quando o Irã supostamente teria fornecido armas para milícias xiitas para combater as forças de ataque.

    Recentemente, a Rússia sofreu as perdas mais significativas desde o início da operação na Síria. 

    A derrubada do helicóptero Mi-8, que participava da entrega de ajuda humanitária em Aleppo, causou a morte de três membros da tripulação e dois funcionários do Centro Russo para a Reconciliação na Síria. 

    Há pouco tempo, o ex-vice-diretor da CIA também chamou a atenção por suas declarações, quando disse que o candidado republicano à presidência dos EUA, Donald Trump, era um "agente da Rússia". 

    Mais:

    Rússia usará experiência de combate na Síria para melhorar seus helicópteros
    Putin: Rússia ajudou a libertar norte-americano na Síria por motivos humanitários
    Rússia e Síria concluem acordo sobre uso permanente da base de Hmeymim
    Rússia e Turquia estão prontas para cooperar na resolução da crise síria
    Tags:
    operação, guerra, CIA, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik