15:06 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0150
    Nos siga no

    A Bulgária e a Rússia podem retomar projetos conjuntos de energia, anteriormente suspensos, incluindo o de construção do gasoduto South Stream (Corrente do Sul), afirmou nesta segunda (8) o primeiro-ministro búlgaro, Boiko Borisov.

    "A Bulgária e a Rússia concordaram em criar grupos de trabalho para retomar projetos russos de energia, incluindo a construção do gasoduto South Stream", disse ministro, citado pela agência Bloomberg.

    Em 5 de agosto, o presidente russo Vladimir Putin em uma conversa telefônica com Borisov, discutiram as principais áreas da cooperação bilateral, tendo como primordial, a realização de projetos conjuntos no setor energético.

    O objetivo do gasoduto South Stream é fornecer gás natural russo através da Bulgária, Sérvia, Hungria e Eslovênia à Itália e à Áustria, contornando a Ucrânia. Vale lembrar que a Comissão Europeia se opôs à implementação do South Stream, pois o projeto entra em contradição com o terceiro pacote energético da UE, onde proíbe a empresa proprietária do gás de operar o gasoduto. Como consequência, no dia 1 de dezembro de 2014, o presidente Vladimir Putin anunciou que a Rússia renunciaria à execução do projeto.

    Porém, em junho, Putin informou que a Rússia não iria abandonar o South Stream e estaria aguardando a decisão da Comissão Europeia sobre o assunto.

    Mais:

    Euro-nervos: Corrente Turca pode fortalecer posições russas
    Rússia e Turquia discutem a construção de duas linhas da Corrente Turca
    Ucrânia na torcida para UE impedir a construção da 'Corrente Turca'
    Tags:
    Rússia, Ucrânia, Sérvia, Itália, Bulgária, Áustria, Hungria, Eslovênia, Vladimir Putin, Boyko Borisov, Comissão Europeia, South Stream, retomada, projeto, setor energético
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar