01:31 20 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Península do Sinai, Egito

    Exército do Egito eliminou o líder do grupo Ansar Bait al-Maqdis no Sinai do Norte

    © AP Photo / Ahmed Abd El Latif
    Mundo
    URL curta
    241

    Os militares do Egito liquidaram o líder do grupo terrorista Ansar Bait al-Maqdis no Sinai do Norte, informou o Ministério da Defesa do país. Segundo a CIA, o grupo é responsável pela explosão e queda na aeronave russa A321 no Egito.

    Segundo os militares, junto com o líder do grupo, foram eliminados mais 45 membros da organização extremista.

    No final de outubro de 2015 aconteceu a maior catástrofe na história da aviação russa e soviética. O Airbus A321 da companhia aérea Kogalymavia, que se dirigia de Sharm El-Sheikh (Egito) para São Petersburgo (Rússia), explodiu e sofreu uma queda no Sinai, após um atentado terrorista. A bordo estacam 217 passageiros e sete membros da tripulação. Não houve sobreviventes.

    O grupo terrorista Ansar Bait al-Maqdis é um braço do Daesh no Egito.

    Mais:

    Grupo terrorista ligado ao Daesh no Sinai derrubou avião russo no Egito, diz CIA
    Egito elimina 30 terroristas de grupo ligado ao Daesh no Sinai
    Força Aérea do Egito destrói campo terrorista no Sinai
    Estado Islâmico reivindica autoria de atentado a hotel na Península do Sinai
    EUA ajudam Egito a investigar queda de avião russo na Península do Sinai
    Tags:
    Ansar Bait al-Maqdis, Daesh, Sinai, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar