22:47 16 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Polícia chinesa patrulhando cidade

    China envia policiais ao Rio para garantir segurança de seus cidadãos

    © AFP 2019 / Isaac Lawrence
    Mundo
    URL curta
    2781

    Policiais chineses foram enviados às Olimpíadas no Rio de Janeiro com objetivo de garantir a segurança de cidadãos do seu próprio país e interagir com órgãos de segurança locais, informa o jornal Beijing Times.

    A decisão respetiva foi tomada pelo Ministério de Segurança Pública da China.

    Os agentes da polícia vão proteger não só turistas chineses, mas também esportistas, membros da delegação e jornalistas do país e realizar interação com agentes de segurança e autoridades locais.

    "Com a maior rapidez possível vamos informar a polícia local e o governo sobre incidentes de qualquer natureza nos quais cidadãos chineses estejam envolvidos para que eles possam resolver os problemas de maneira mais operativa", informa a Televisão Central da China (CCVT) citando o representante oficial chinês Shao Viemin.

    O número exato de agentes chineses não foi revelado.

    No final de julho, o departamento consular do Ministério das Relações Exteriores da China e a embaixada chinesa no Brasil recomendaram aos cidadãos do país, que pretendem assistir aos Jogos Olímpicos, a tomarem cuidado, isto é, evitar visitas a favelas, não passear sozinhos, não portar joias, não usar celulares durante caminhada, não brigar com criminosos (atacantes) e, caso necessário, pedir ajuda imediatamente.

    A delegação chinesa às Olimpíadas no Rio será a mais numerosa e será composta por 711 elementos, inclusive 29 técnicos estrangeiros. O número dos atletas será de 416: 160 homens e 256 mulheres que vão disputar medalhas em 26 modalidades esportivas.

    Mais:

    Brasil coopera com FBI durante Jogos Olímpicos no Rio
    Ministro do Esporte: 88 mil homens garantirão a segurança durante os Jogos Olímpicos
    Tags:
    segurança, delegação, agentes, polícia, Jogos Olímpicos, Ministério de Segurança Pública da China, Rio de Janeiro, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar