07:13 28 Março 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    25615
    Nos siga no

    No Livro Branco do Japão (relatório anual de Defesa), que foi divulgado pelo governo em 2 de agosto, se lê que o programa nuclear da Coreia do Norte representa a principal ameaça.

    Infelizmente, esta ameaça se tornou uma realidade no dia 2 de agosto à noite, porque o governo norte-coreano lançou um míssil balístico de médio alcance.

    Também é muito preocupante para o Japão a atividade da China no mar do Sul da China e no mar da China Oriental. Como resposta, o ministro da Defesa da China declarou que tal menção da China no Livro Branco está cheia de hostilidade para com o exército chinês, abala as relações bilaterais e faz cair em erro toda a comunidade internacional.

    A funcionária do centro Yevgeny Primakov de estudos do Japão Kristina Voda comenta a situação à Sputnik, dizendo que o Japão não considera a China como ameaça neste relatório, apenas diz que as ações da China são preocupantes, incluindo a entrada de navios chineses nas aguas territoriais do Japão e instalação de uma zona da defesa antiaérea no território do mar da China Oriental. Não há indícios de ameaça, há tentativas para chamar a China ao diálogo.

    Neste momento a China está realizando exercícios militares de grandes proporções no mar do China Oriental e em setembro começarão os exercícios no mar do Sul da China em conjunto com a Rússia. O Livro Branco japonês assinala a atividade da Rússia nas posições orientais, incluindo no sul das Ilhas Curilas. O relatório constata a influência crescente da Rússia no palco mundial.

    A especialista Kristina Voda disse que já há muito tempo que a Rússia não é mencionada nos Livros Brancos do Japão. Neles está registrada a atividade militar da Rússia, as reformas e os exercícios militares que se realizaram com sucesso, apesar da crise econômica no país. No relatório de 2016 se lê que a crise na Ucrânia e o papel russo nela podem ser considerados um problema global que pode influenciar toda a comunidade internacional, incluindo a Ásia.

    Apesar de tudo, no Livro Branco se lê que graças às reformas, incluindo a uma modernização do exército, o Japão se tornou um jogador destacado no palco internacional.

    Tags:
    cooperação, Coreia do Norte, China, Japão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar