02:22 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Ações de protesto na Filadélfia

    Maiores patrocinadores dos EUA afirmam que hoje 'não há boas variantes' nas eleições

    © Sputnik / Jeremy Hogan
    Mundo
    URL curta
    0 24
    Nos siga no

    Os irmãos Koch, que estão entre os maiores patrocinadores de campanhas políticas nos EUA, se recusaram a apoiar a campanha eleitoral de Trump, afirmando que eles estão se concentrando no apoio dos candidatos ao Senado, comunica agência AP.

    Os irmãos Charles e David Koch estão em segundo lugar na lista das famílias mais ricas dos EUA segundo a Forbes. A sua fortuna é estimada em 82 milhões de dólares. Como comunica a agência, na última década a empresa dos irmãos Koh Koch Industries investiu centenas de milhões de dólares em campanhas políticas. 

    ​"De certa forma realmente não temos boas variantes", disse Charles Koch sobre a "situação política atual", falando durante a reunião dos maiores patrocinadores políticos no sábado (30). 

    Segundo o vice-presidente da empresa, Mark Holden, nenhum dos candidatos à presidência corresponde às exigências dos Koch, "do ponto de vista dos valores, convicções e política". "Com base nisso, estamos nos concentrando no Senado", disse Holden.

    As eleições presidenciais e do congresso vão ser realizadas no dia 8 de novembro. Nos EUA vigora um sistema multipartidário, mas só Donald  Trump e Hillary Clinton têm chances reais de ganhar.

    Mais:

    Presidência de Trump será 'presente para Putin'
    Trump acusa Hillary Clinton do surgimento do Daesh
    Tags:
    recusa, campanha eleitoral, patrocinadores, eleições presidenciais, apoio, eleições, política, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar