16:58 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Menina com bandeiras nacionais russas pintadas na face participa de comemorações do aniversário da votação na Crimeia pela reunificação com a Rússia, em Simferopol em 16 março de 2015.

    Trump: Cidadãos da Crimeia querem estar com Rússia, e não com Ucrânia

    © REUTERS/ Maxim Shemetov
    Mundo
    URL curta
    22413

    O presidenciável republicano Donald Trump declarou sua solidariedade com habitantes da Crimeia, que optaram por estar com a Rússia, em vez da Ucrânia.

    "O povo da Crimeia, pelo que eu ouvi, preferiu ficar com a Rússia do que onde eles estavam [Ucrânia]", declarou o magnata republicano Donald Trump neste domingo em uma entrevista ao canal ABC News.

    A Crimeia, uma península meridional histórica da Rússia, regressou à Pátria depois de um referendo em 2014. Quase 97 por cento da população da região votou a favor da reunificação em referendo. Em Sevastopol, que tem estatuto de cidade federal, 95,6 por cento dos votos apoiaram esta decisão.

    Mais:

    Duelo de titãs: combate entre Clinton e Trump promete ser violento
    Apelo de Trump à Rússia é visto como alta traição aos EUA
    Obama e Trump discutem, à distância, sobre a grandeza dos EUA
    Tags:
    Donald Trump, Crimeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik