21:48 11 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    General Joseph Votel, chefe do Comando Central dos EUA

    Erdogan acusa general chefe do Comando Central dos EUA de apoiar golpistas na Turquia

    © REUTERS / Kevin Lamarque
    Mundo
    URL curta
    Tentativa de golpe militar na Turquia (109)
    0 121
    Nos siga no

    O presidente turco Recep Tayyip Erdogan acusou nesta sexta-feira (29) o chefe do Comando Central dos EUA, General Joseph Votel, de estar “do lado dos golpistas” na Turquia por ter comentado que a turbulência política no país poderia rebaixar a cooperação militar de Ancara com Washington.

    "Você está tomando o lado dos golpistas em vez de agradecer a este Estado por derrotar a tentativa de golpe", disse Erdogan em declarações enfurecidas em um centro militar de Golbasi, nos arredores de Ancara, onde ataques aéreos deixaram dezenas de mortos durante o golpe fracassado do dia 15 de julho.

    Citado pela imprensa norte-americana, o General Votel dissera que a tentativa de golpe e a posterior perseguição empreendida pelo Estado turco contra dezenas de generais poderiam afetar a cooperação militar norte-americana com a Turquia.

    Em particular, Votel sugeriu que os EUA tinham perdido alguns dos principais interlocutores militares na Turquia, que agora estão presos e acusados de conspiração para derrubar Erdogan.

    "Saiba seu lugar!", disse Erdogan, endereçando-se a Votel com uma de suas expressões favoritas de raiva.

    "O mentor do golpe já está em seu país, você já está alimentando-o", acrescentou o presidente turco, referindo-se ao clérigo autoexilado nos EUA Fethullah Gulen.

    A Turquia é um membro chave da coalizão liderada pelos EUA contra o Daesh (autodenominado Estado Islâmico) na Síria, particularmente devido à base aérea de Incirlik, usada como um centro para o lançamento de ataques aéreos contra o grupo terrorista.

    Tema:
    Tentativa de golpe militar na Turquia (109)

    Mais:

    Questão curda sem solução cria ambiente favorável para um novo golpe na Turquia
    Autoridades turcas: acusado de golpe militar pode ter abandonado os EUA
    Casa Branca nega participação de general norte-americano no golpe na Turquia
    General americano dirigiu golpe, diz jornal pró-Erdogan antes de incêndio na base da OTAN
    Turquia liberta 1.200 soldados detidos após golpe frustrado
    Tags:
    general, conspiração, golpe militar, tentativa, Estado Islâmico, Daesh, Comando Central dos EUA, Fethullah Gulen, Recep Tayyip Erdogan, Joseph Votel, Incirlik, EUA, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar