12:58 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Ilha Thitu do arquipélago Spratly no Mar do Sul da China

    Rússia e China pretendem realizar exercícios navais conjuntos no Mar do Sul da China

    © AFP 2019 / ROLEX DELA PENA / POOL
    Mundo
    URL curta
    29224
    Nos siga no

    A Rússia e a China realizarão exercícios navais conjuntos no disputado Mar do Sul da China.

    A declaração foi feita na quinta-feira pelo porta-voz do Ministério de Defesa da China, Yang Yujun.

    "Baseando no consenso alcançado pelas partes, as marinhas da China e da Rússia realizarão os exercícios navais conjuntos Cooperação Marítima 2016 no Mar do Sul da China em setembro", disse Yang durante um briefing, indicando que o treinamento não está dirigido contra países terceiros.

    Segundo ele, os exercícios Cooperação Marítima 2016 são exercícios militares comuns dos dois países que têm por objetivo fortalecer a parceria estratégica e a capacidade de resposta conjunta a ameaças marítimas.

    O Mar do Sul da China é uma via naval de elevada importância por onde circulam cerca de 5 trilhões de dólares em comércio anual. A região é contestada pela China e países vizinhos — Taiwan, Vietnã, Filipinas, Malásia e Brunei.

    Antes a Corte Internacional de Arbitragem de Haia havia rejeitado as reclamações territoriais da China nas águas do Mar do Sul da China, decisão que a China considera ilegal e inválida.

    Mais:

    Índia nem sequer discute patrulhamento conjunto com EUA no Mar do Sul da China
    ASEAN apela à contenção nas disputas no mar do Sul da China
    Tags:
    ameaças, disputa marítima, reclamação, exercícios navais, Sea Cooperation, Tribunal de Haia, Yang Yujun, Brunei, Mar do Sul da China, Malásia, Vietnã, Filipinas, Taiwan, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar