04:47 06 Março 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Escândalo de doping (30)
    0 161
    Nos siga no

    A saltadora de vara russa Yelena Isinbayeva, reconhecida como uma das maiores estrelas do atletismo russo, revelou por que chorou durante o encontro do presidente russo Vladimir Putin com a delegação olímpica do país no Kremlin, na tarde desta quarta-feira (27).

    Através de sua conta no Instagram, Isinbayeva explicou que não conseguiu segurar as lágrimas por causa da ofensa sofrida pelos atletas russos. Nas suas palavras, "meninas fortes também quebram e cedem às emoções".

    Na publicação, ela agradeceu a todos os seus fãs que se mostraram solidários com a delegação olímpica russa de declarou que "o que não nos mata, nos fortalece".

    Isinbayeva disse ainda que não perdeu as esperanças de se apresentar no Rio de Janeiro e que está aguardando o veredito final sobre a sua possível vinda ao Brasil, que deverá ser anunciado na quinta-feira (28).

    Дорогие друзья! Огромное ВАМ всем СПАСИБО ( хотя спасибо это мало) за такую мощную поддержку, которую вы мне оказываете! Боже, я и подумать не могла, что ВЫ все со мной переживаете эту несправедливость. Спасибо за ваши инициативы, веру и доверие. Сегодня, на приёме у Президента, не смогла сдержать слёз от обиды, сильные девушки тоже иногда ломаются и поддаются эмоциям. Ну ничего, что нас не убивает делает ещё сильнее. Спасибо вам от души и сердца! Как мне сказали, "Елена, ты уже победила, потому что наши сердца с тобой". Это действительно дороже любой победы и медали. Спасибо большое за признание!!! P.S. завтра будет окончательно ясно, есть ли у меня шанс выступать в Рио или нет. Ещё 24 часа надежда живёт 😌 Dear friends! THANK YOU very-very much to all of you (but saying thank you is so little) for such an immense support that you give me! Oh my God, I could not even think that all of YOU are going through all this injustice with me. Thank you for your initiatives, faith and trust. Today at the reception with President I couldn’t hold back my tears because of offence; sometimes strong women also break down and get emotional. Oh well, what doesn’t kill us, makes us even stronger. Thank you from all my heart and soul! As I was told: “Yelena, you have already won because our hearts are with you”. It is truly more significant than any victory and medal. Thank you very much for recognition!!! P.S.: Tomorrow it will be finally clear whether I have a chance to perform in Rio or not. Hope lives for 24 more hours.😌

    Uma foto publicada por Yelena (@isinbaevayelena) em Jul 27, 2016 às 9:17 PDT

    "Queridos amigos! Muitíssimo OBRIGADA (apesar de um 'obrigada' ser pouco) por esse tão forte que vocês estão me dando! Meu Deus, eu não poderia nem pensar, que VOCÊS estão sofrendo junto comigo por esta injustiça. Obrigada pelas suas iniciativas, esperança e confiança. Hoje, durante o encontro com o Presdiente, não consegui segurar as lágrimas pela ofensa sofrida, meninas fortes também se fragilizam e cedem a emoções. Mas não tem jeito, o que não nos mata, nos fortalece. Obrigada a vocês do fundo da alma e do coração! É como me disseram, Yelena, você já venceu, porque os nossos corações estão com você’. Isso é realmente mais valioso do que qualquer vitória e medalha. Muito obrigada pelo reconhecimento!!! P.S. amanhã saberemos finalmente se eu tenho ou não chance de me apresentar no Rio. A esperança vive por mais 24 horas :)"

    Caso seja realmente proibida de se apresentar nos Jogos, Isinbaeva perderá a oportunidade de concorrer ao seu terceiro ouro olímpico.

    Durante o encontro, a saltadora pediu aos atletas que embarcam para o Brasil que se unam e que se apresentem tão bem, "que o mundo estremeça e que o hino da Federação da Rússia soe, sem parar, nas arenas esportivas do Rio".

    O líder russo, por sua vez, declarou considerar injusto o afastamento de atletas dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Ele prometeu sair em defesa do nome dos atletas prejudicados e desejou sorte para aqueles que estavam embarcando para o Brasil.

    O Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu, em 24 de julho, não afastar toda a delegação da Rússia dos Jogos de 2016, deixando a cargo das federações a aprovação de atletas para as competições. Todos os atletas russos com histórico de doping não serão admitidos nos Jogos. Assim as seleções russas de natação, pentatlo, canoagem e remo ficaram desfalcadas.

    Tema:
    Escândalo de doping (30)
    Tags:
    saltadora, atletismo, Jogos Olímpicos, Rio-2016, Yelena Isinbayeva, Vladimir Putin, Rio de Janeiro, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar