14:58 11 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Mercosul

    Mercosul tem melhor comércio interno do que Aliança do Pacífico

    © flickr.com/ Hamner_Fotos
    Mundo
    URL curta
    0 40

    A agenda de comércio interno dos países da Aliança do Pacífico quase não existe, ao contrário do Mercosul, cujas nações conseguiram construir a melhor plataforma para desenvolver as relações comerciais, contou à agência Sputnik Pablo Sanguinetti, o diretor das pesquisas socioeconômicas do Banco de Desenvolvimento Econômico da América Latina (CAF).

    "O Mercosul têm países mais diversificados, tais como a Argentina e o Brasil, então existe um importante comércio interno e a maioria dos manufaturados deste comércio fazem parte da produção nacional", afirmou Sanguinetti.

    Na Aliança do Pacífico "isso [a agenda interna] quase não existe, no entanto, também é verdade que, embora as relações comerciais sejam fracas entre eles, os bens manufaturados também constituem a maior parte das transações comerciais entre os seus membros", acrescentou ele.

    ​O representante da CAF falou com a Sputnik nesta terça (26) depois de participar de um painel dedicado à promoção do crescimento e integração regional durante uma conferência em Montevideo, organizada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Governo do Uruguai.

    Sanguinetti, doutor em economia, explicou que o comércio no âmbito do Mercosul (Mercado Comum do Sul) é importante porque oferece um padrão de trocas comerciais mais diversificadas. No entanto, segundo ele, o bloco deve liberar a carga tributária no mercado doméstico.

    "Todos os países ainda têm uma série de reclamações mútuas que eles prometeram resolver", disse ele.

    Por outro lado, a agenda externa do Mercosul não tem cumprido a "promessa de um grande mercado comum", o que prejudica diretamente os países menores, como o Uruguai e o Paraguai, mas também prejudica os países maiores.

    Na conferência "América Latina: reformas estruturais para impulsionar o crescimento econômico", organizada pelo FMI e o Governo do Uruguai, participaram altos funcionários das instituições multilaterais e acadêmicos de vários países da região.

    O Mercosul é uma organização intergovernamental fundada a partir do Tratado de Assunção de 1991. Estabelece uma integração, inicialmente econômica, configurada atualmente em uma união aduaneira, na qual há livre comércio intrazona e política comercial comum entre os países-membros. Situados todos na América do Sul, são atualmente cinco membros plenos. Em sua formação original, o bloco era composto pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai; mais tarde, a ele aderiu a Venezuela. 

    A Aliança do Pacífico é um bloco comercial latino-americano criado formalmente em 6 de junho de 2012 no Chile no Observatório Paranal em Antofagasta, durante a 4ª Cúpula da organização. Os membros-fundadores foram o Chile, a Colômbia, o México e o Peru. A Costa Rica incorporou-se ao grupo em 2013.

    Mais:

    Mercosul convoca reunião de chanceleres para discutir crise na Venezuela
    Rússia trabalha em acordo entre Mercosul e União Eurasiática
    Acordos Taiwan-Paraguai ameaçam unidade do Mercosul?
    Tags:
    mercado, cooperação, comércio bilateral, economia, Aliança do Pacífico, CAF, Mercosul, FMI, Montevidéu, Paraguai, Chile, Colômbia, Uruguai, Venezuela, México, Peru, Argentina, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik