15:37 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Dmitry Peskov, assessor de imprensa do presidente russo

    Kremlin: Paranoia com a Rússia é 'passatempo tradicional' nos EUA

    © Sputnik /
    Mundo
    URL curta
    171
    Nos siga no

    Depois que a campanha de Hillary Clinton nos EUA acusou a Rússia de tentar favorecer o candidato republicano Donald Trump por meio de um ataque massivo aos e-mails do Comitê Nacional Democrata, o porta-voz presidencial russo, Dmitry Peskov, fez seus comentários sobre o assunto nesta terça-feira (26).

    "Ainda estamos testemunhando tentativas de usar a questão da Rússia – de uma forma paranoica – durante a campanha eleitoral dos EUA", disse Peskov em entrevista coletiva nesta terça-feira, um dia após as acusações feitas contra Moscou. "Não há nada de novo aqui, é uma espécie de passatempo tradicional deles. Achamos que não é bom para as relações bilaterais, mas percebemos que temos que passar por este período desfavorável", acrescentou o porta-voz do presidente russo Vladimir Putin.

    O vazamento dos e-mails do Comitê Nacional Democrata, publicados na sexta-feira (22) pelo Wikileaks, demonstra um esforço concertado entre a liderança democrata para minar a campanha do senador norte-americano Bernie Sanders em favor de Clinton. O objetivo da invasão hacker supostamente patrocinada por atores ligados ao governo russo, segundo as alegações da campanha da candidata, seria favorecer o republicano Donald Trump. 

    O magnata, por sua vez, chamou as suspeitas levantadas por Clinton de “piada”.

    ​“A nova piada do momento é que a Rússia vazou os desastrosos e-mails do DNC (Comitê Nacional Democrata], os quais nunca deveriam ter sido escritos (estúpidos), porque Putin gosta de mim”, escreveu Trump em sua conta no Twitter. 

    Mais:

    Assange nega envolvimento da Rússia em vazamento de documentos do Partido Democrata
    Embaixada russa: acusações do Partido Democrata são 'infundadas e inapropriadas'
    Bernie Sanders chama Trump de 'demagogo' e pede votos para Hillary: 'Este é o mundo real'
    Tags:
    governo russo, campanha, e-mails, vazamento, Kremlin, Partido Democrata, Comitê Nacional Democrata, WikiLeaks, Bernie Sanders, Hillary Clinton, Donald Trump, Vladimir Putin, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar