23:08 17 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    112
    Nos siga no

    Moscou acredita que durante o encontro entre a Rússia, EUA e a ONU em Genebra será possível coordenar o combate aos grupos terroristas Daesh (Estado Islâmico) e o a Frente al-Nusra. A infromação é de uma fonte da delegação russa na encontro Rússia-ASEAN nesta segunda-feira (25).

    “Acreditamos que as negociações ocorridas nesses dias com os Estados Unidos no contexto do grupo internacional de apoio à Síria permitirão que nós finalmente consigamos a coordenar o combate aos terroristas do Estado Islâmico, da Frente al-Nusra e seus aliados”, afirmou a fonte. 

    A representação russa destacou também que Moscou, a pedido do governo sírio, “fez e faz uma contribuição significativa ao ataque da infrastrutura do Daesh e ao seu potencial de recursos”.  

    Durante o encontro, a diplomacia russa reafirmou o papel central da Associação de Nações do Sudeste Asiático em assuntos regionais, bem como sua vontade de expandir o esforço conjunto em locais internacionais e o compromisso de promover a estabilidade e prosperidade da região da Ásia-Pacífico.

    A última rodada de negociações sírias teve lugar em Genebra, em 13-27 de abril de 2016. O Alto Comitê de Negociações (ACN) não conseguiu realizar negociações direitas e se esperava que continuassem em maio, mais as negociações não foram realizadas.


    Mais:

    Representante da ONU diz que problema do terrorismo não é mais setorizado, mas global
    Afeganistão pretende ampliar cooperação com a Rússia no combate ao terrorismo
    Putin apela a intensificar luta contra terrorismo para resolver crise no Oriente Médio
    Putin e Netanyahu discutem cooperação contra o terrorismo no Oriente Médio
    Tags:
    Rússia, Genebra, Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), Daesh, Estado Islâmico, Frente al-Nusra, terrorismo, combate
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar