02:35 06 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 02
    Nos siga no

    O vice-secretário-geral da ONU para Assuntos Humanitários, Stephen O'Brien, propôs a introdução de 48 horas semanais de trégua na região leste de Aleppo, na Síria, para facilitar o fornecimento de ajuda humanitária às 250 mil pessoas que vivem ali.

    Ao se pronunciar em uma reunião do Conselho de Segurança da ONU nesta segunda-feira (25), O'Brien pediu apoio à proposta aos membros da organização.

    “Exorto as partes, bem como aqueles que têm influência sobre elas, a adotar uma trégua humanitária semanal de 48 hora no leste de Aleppo, para que a ONU e os seus parceiros tenha segurança no acesso de ajuda regular a um quarto de milhão de pessoas que ficam além da linha do fronte”, afirmou ele. 

    “Isto deve ser um apelo de toda a Organização das Nações Unidas, não só de mim, sendo um chefe humanitário da ONU. Deve vir de vocês", acrescentou O'Brien, referindo-se aos membros do Conselho de Segurança.

    Segundo ele, o abastecimento de alimentos ao leste de Aleppo dura apenas até meados de agosto, e a população está "diante de uma séria ameaça de bloqueio" após as hostilidades na região suspenderem o fornecimento de suprimentos humanitários.


    Mais:

    Rússia registra seis violações ao cessar-fogo na Síria
    Defesa russa: Cessar-fogo na Síria já tem adesão de 207 assentamentos
    Lavrov revela 'exigências' do secretário de Estado dos EUA para cooperação na Síria
    Moscou: EUA são responsáveis por envio de tropas a áreas bombardeadas pela Rússia na Síria
    Tags:
    conflito, cessar-fogo, trégua, ajuda humanitária, ONU, Aleppo, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar