23:56 24 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 01
    Nos siga no

    O atirador estaria a preparar o ataque desde há um ano, mas suas vítimas foram escolhidas aleatoriamente, disse hoje (24) o chefe da polícia da Baviera, Robert Heimberger.

    O homem de 18 anos de dupla nacionalidade alemã e iraniana que matou nove pessoas em Munique na sexta-feira tinha planejado o ataque por cerca de um ano, de acordo com a polícia da Baviera.

    "O agressor vinha planejando isso desde o último verão", disse Heimberger aos jornalistas na conferência de imprensa.

    Ele acrescentou que, apesar de o atirador ter estudado possíveis locais para o ataque, ele não escolheu vítimas específicas.

    A polícia alemã continua a acreditar que não houve motivos políticos por trás do tiroteio em Munique, enquanto foi confirmado que o suspeito estava sob supervisão psiquiátrica, disse o porta-voz do Ministério Público de Munique Thomas Steinkraus-Koch na conferência de imprensa transmitida pelo canal televisivo N-24.

    Ele lembrou que houve alegações de que o atirador sofria de um transtorno mental.

    "Isto foi confirmado. Durante uma busca em sua casa, encontramos registros médicos que indicam transtorno de ansiedade, depressão," disse o porta-voz.

    De acordo com o porta-voz, o atacante passou dois meses em um hospital em 2015, após o que passou a ser tratado em casa.

    "A desordem mental que eu mencionei eram fobias sociais, isso significa que ele estava com medo de se comunicar com outras pessoas", disse Thomas Steinkraus-Koch

    Na sexta-feira, o homem alemão-iraniano de 18 anos de idade abriu fogo em um shopping em Munique, matando nove pessoas e ferindo outras 27 pessoas antes de cometer suicídio.

    Mais:

    Autor do ataque em Munique não estava ligado a Daesh
    Brasil condena ataque em Munique
    Atirador abre fogo contra pedestres em Munique (Vídeo)
    Tags:
    atirador, ataque, Munique, Baviera
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar