13:05 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Ataque suicida em Bagdá, foto de arquivo

    Ataque suicida em Bagdá tinha como alvo as forças de segurança

    © REUTERS / Ahmed Saad
    Mundo
    URL curta
    0 0 0
    Nos siga no

    De acordo com as fontes médicas e policiais, pelo menos seis pessoas morreram e 20 ficaram feridas no ataque bombista suicida reivindicado pelo Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia) em um bairro predominantemente xiita no noroeste de Bagdá.

    Amaq, a agência de notícias que apoia o Daesh, declarou que o atacante suicida, que usava um colete com explosivos, tinha como alvo as forças de segurança na entrada do bairro de Kadhimiya.

    Anteriormente havia sido informado sobre 14 vítimas mortais e mais de 20 feridos.

    Fontes no hospital de Kadhimiya, para onde foram levadas as vítimas do ataque, disseram que o número de mortos pode aumentar, devido a alguns feridos estarem em condição crítica.

    Em 3 de julho, um homem-bomba matou 292 pessoas no bairro de Karrada, em Bagdá, enquanto um ataque a um templo xiita em Balad, ao norte da capital, ocorrido alguns dias depois (7) causou 40 mortes.

    O Daesh conquistou grandes áreas no norte e oeste de Bagdá, em 2014, mas as forças iraquianas vêm ganhando terreno desde então através de uma série de operações para reconquistar Mosul, que está nas mãos do Deash desde 2014.

    Em resposta, os jihadistas atacaram civis e especialistas alertam que pode haver mais ataques se o grupo Daesh continuar a perder terreno.

    Mais:

    Iraque elimina assessor do líder do Daesh em Diyala
    Autoridades: Iraque alcança nova vitória sobre o Daesh
    Exército do Iraque retoma do Daesh cidade a noroeste de Fallujah
    Daesh congela 45 desertores no Iraque
    Tags:
    ataque suicida, atentado, vítimas, Bagdá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar