21:26 19 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0622
    Nos siga no

    Os chefes da coalizão liderada pelos EUA contra o Daesh (Estado Islâmico) na Síria são responsáveis pelo envio de tropas para áreas do país alvejadas pelos ataques aéreos russos, disse neste sábado (23) o porta-voz do Ministério da Defesa russo Major General Igor Konashenkov.

    Os comentários foram feitos depois que o Wall Street Journal, citando uma fonte do Pentágono, acusou aviões de combate russos de atacar uma base militar usada pelos Estados Unidos e pelo Reino Unido perto da fronteira sírio-jordaniana.

    "Os chefes militares das unidades especiais da coalizão de países anti-Daesh são exclusivamente responsáveis pelo fato de que suas tropas estejam expostas ao perigo nas zonas visadas pelas forças aeroespaciais russas", disse Konashenkov.

    Ele acrescentou que os militares russos "estão sempre abertos a qualquer canal de comunicação e pedem aos nossos parceiros [da Rússia] para fornecer informações detalhadas sobre a localização das unidades da ‘oposição moderada’ sob seu controle".

    Mais:

    EUA exigem que rebeldes 'moderados' investiguem decapitação de criança na Síria
    Síria: Defesa russa relata morte de militar em serviço
    Nomeado novo comandante do agrupamento de forças russas na Síria
    Chefe da diplomacia da UE pede cooperação militar entre Rússia e EUA na Síria
    Tags:
    Rússia, EUA, Síria, Ministério da Defesa, tropas, coalizão, risco, perigo, ataques aéreos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar