10:26 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Semana de ataques na Alemanha (29)
    2112
    Nos siga no

    Barack Obama se permitiu brincar durante o discurso que pronunciou na Casa Branca por ocasião do tiroteio na cidade alemã de Munique.

    O presidente dos EUA condenou o ataque e se referiu à Alemanha como um dos "aliados mais próximos", acrescentando que seu país "irá fornecer todo o apoio que possa ser necessário".

    Ele também afirmou que hoje em dia as liberdades dos cidadãos dependem do trabalho dos agentes de segurança. 

    "Nosso modo de vida, nossas liberdades", disse ele, "nossa capacidade de levar a vida de todos os dias, educando nossos filhos", e de repente o humor do presidente mudou.

    "E vê-los crescer e se formarem no ensino médio e agora prestes a deixar seu pai", continuou ele, acenando com a mão e quebrando a tensão enquanto a sala irrompeu em gargalhadas.

    Obama fez referência ao fato de que sua filha mais velha, Malia, recém-formada no ensino médio, deixar o ninho familiar para estudar na universidade. Ele sorriu depois de seu comentário e por um momento provocou risos dos jornalistas.

    "Desculpem. Estou sendo um pouco pessoal demais. Um pouco pessoal demais aqui", adicionou o presidente.

    Na noite de sexta-feira (23) um homem abriu fogo indiscriminadamente contra pessoas nas imediações de um movimentado shopping, em Munique, na Alemanha. Nove pessoas morreram no local e outras 16 foram levadas para o hospital, sendo três em estado grave. A polícia de Munique revelou na madrugada deste sábado (23), que o autor do ataque era um jovem de 18 anos natural do Irã.

    Tema:
    Semana de ataques na Alemanha (29)

    Mais:

    Brasil condena ataque em Munique
    Autoridades confirmam ao menos oito mortes em Munique
    Tags:
    Barack Obama, Munique, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar