03:10 16 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Ajuda humanitária da Rússia para a Síria

    Amizade entre os povos não tem fronteiras religiosas

    © Sputnik / Mihail Voskresensky
    Mundo
    URL curta
    0 61
    Nos siga no

    A tentativa da mídia árabe de atribuir à operação militar da Força Aeroespacial da Rússia na Síria contra o terrorismo uma conotação religiosa ainda não terminou.

    Alguns canais de TV, a partir dos primeiros dias do início da operação militar russa contra os grupos terroristas, tentaram apresentar os acontecimentos como uma guerra religiosa dos cristãos contra os muçulmanos da Síria. Ao mesmo tempo, antes do início dos bombardeamentos russos, estes canais nem tentavam procurar a ligação entre terrorismo e religião, quando a coalizão internacional, composta principalmente de países ocidentais, começou a operação contra o terrorismo na Síria e no Iraque.

    Mas toda essa crítica da guerra da Rússia contra terroristas na Síria fracassou quando os povos da Rússia e da Síria começaram expressando uma solidariedade mútua.

    Como mais um exemplo da amizade entre os dois povos pode ser considerado o presente de um soldado russo ortodoxo da base aérea de Hmeymim para um soldado sírio muçulmano. Ele deu como presente, e símbolo de amizade entre os povos, a coisa mais valiosa que ele tinha fora de sua casa – um ícone da Ressurreição de Cristo e uma fita com a prece "Renasce, Deus…". Estes atributos religiosos foram para o soldado sírio um exemplo de que não existem fronteiras religiosas ou étnicas quando se trata de amizade entre pessoas.

    Um ícone da Ressurreição de Cristo e uma fita com a prece Renasce, Deus
    © Sputnik / Morad Saeed
    Um ícone da Ressurreição de Cristo e uma fita com a prece "Renasce, Deus"

    Os nomes destes dois soldados não são revelados por motivos de segurança, mas a agência Sputnik publica fotos do ícone e da fita com prece.

    Este não é o primeiro exemplo de amizade entre soldados da Síria e da Rússia.

    No final de janeiro de 2016, um famoso escultor sírio criou um busto de Oleg Peshkov, o piloto russo do avião Su-24, falecido na Síria. Eyad Albelal decidiu através deste gesto não somente expressar condolências à família do piloto, mas também agradecer à Rússia pela sua luta contra o terrorismo no país. Eyad Albelal, em seu comentário a agência Sputnik, disse que o busto estava sendo esculpido ao longo de um mês e meio de argila e bronze por sua própria iniciativa.

    Mais:

    Chefe da diplomacia da UE pede cooperação militar entre Rússia e EUA na Síria
    Síria: Staffan de Mistura participará da reunião da Rússia, EUA e ONU em Genebra
    Ministério da Defesa da Rússia publica imagens de ataque aéreo na Síria (VÍDEO)
    Tags:
    piloto, religião, Deus, terrorismo, operação militar, povo sírio, amizade, Su-24, Oleg Peshkov, Iraque, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar