08:27 22 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    O novo primeiro-ministro da Ucrânia, Vladimir Groisman, no centro da foto, saúda os deputados depois da sua nomeação, em 14 de abril de 2016. Ao lado dele, está Oksana Syroed, vice-presidente do parlamento ucraniano. À esquerda na foto, o presidente do parlamento, Andrei Parubiy

    Ucrânia espera aprovação do regime de isenção de vistos com a UE até o fim do ano

    © Sputnik/ Nikolai Lazarenko
    Mundo
    URL curta
    0 14211

    O primeiro-ministro da Ucrânia, Vladimir Groisman, após reunião com oficiais europeus em Bruxelas, declarou que Kiev espera a instauração do regime de isenção de vistos com a UE ainda durante o outono - entre setembro e dezembro - deste ano.

    "Estamos aguardando uma decisão das instituições europeias e pensamos que isso acontecerá durante o outono deste ano", disse Groisman durante um briefing nesta terça-feira, após reunião com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, em Bruxelas.

    Em dezembro de 2015, a Comissão Europeia informou que a Ucrânia cumpriu todas as condições para a liberalização do regime de vistos com a UE. No entanto, em meados de janeiro, um diplomara do alto escalão europeu revelou aos jornalistas que diversos países da UE não estariam dispostos a revogar o regime de vistos para cidadãos ucranianos, pois o combate à corrupção na Ucrânia seria insuficiente. No final de abril, a Comissão Europeia apresentou um projeto de lei, referente à instauração do regime de isenção de vistos com a Ucrânia. A proposta seguiu para o Parlamento Europeu e para o Conselho da UE, que devem tomar uma decisão final a respeito deste tema.

    Mais:

    UE está interessada na Ucrânia como país de trânsito de gás
    Referendo: população holandesa votou contra a associação entre Ucrânia e UE
    Chefe da Comissão Europeia: Ucrânia não poderá tornar-se membro da UE e OTAN
    ‘Cortina de papel entre a Ucrânia e a UE vai cair no próximo ano’ - Poroshenko
    'Entrada da Ucrânia na UE é fantasia política'
    Tags:
    isenção de visto, Jean-Claude Juncker, Vladimir Groisman, UE, Europa, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik