19:20 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Clérigo turco muçulmano Fethullah Gulen

    Turquia anuncia aos EUA pedido formal de extradição do clérigo Gulen

    © AP Photo/ Selahattin Sevi, File
    Mundo
    URL curta
    Tentativa de golpe militar na Turquia (109)
    0 29001

    A Turquia solicitou formalmente aos EUA a extradição do clérigo Fethullah Gulen, segundo disse nesta terça-feira (19) o primeiro-ministro turco Binali Yildirim, em discurso no Parlamento citado pela agência de notícias Anadolu.

    "Enviamos quatro arquivos para os EUA solicitando a extradição do ‘líder terrorista’, disse Yildirim.

    O homem público, ex-imã e pregador Fethullah Gulen
    © AP Photo/ Selahattin Sevi, File
    Na segunda-feira (18), o primeiro-ministro observou que Ancara poderá “reconsiderar” suas relações amistosas com os EUA se Washington se recusar a extraditar o clérigo muçulmano, quem, segundo o presidente turco Recepp Tayyip Erdogan, teria orquestrado a tentativa de golpe militar na Turquia, ocorrida na última sexta (15), a partir de seu autoexílio em terras norte-americanas. 

    "OS EUA são nossos amigos e parceiros estratégicos. Temos relações estreitas com eles. No entanto, eu digo (aos EUA) que existe uma ameaça global, uma tentativa de derrubar um governo legítimo; aqui não há nenhuma religião ou valores religiosos", disse Yildirim.

    Gulen, por sua vez, negou "categoricamente" sua suposta ligação com os acontecimentos recentes e denunciou a intervenção militar na política turca.

    Tema:
    Tentativa de golpe militar na Turquia (109)

    Mais:

    Erdogan diz que por pouco não foi morto durante tentativa de golpe na Turquia
    Brasil expressa preocupação com detenções na Turquia
    Golpe na Turquia: EUA oferecem ajuda na investigação
    Existe ligação entre os eventos na Turquia, na Armênia e no Cazaquistão?
    Tags:
    intervenção militar, tentativa de golpe, golpe, diplomacia, relações bilaterais, pedido, extradição, exílio, oposição, clérigo, Binali Yildirim, Recep Tayyip Erdogan, Fethullah Gulen, Turquia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik