03:05 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 241
    Nos siga no

    A China vai realizar exercícios militares no território do mar do Sul da China, diz o comunicado da Agência da Segurança Marítima da China.

    A agência comunicou ainda as coordenadas do território abrangido pelos exercícios e as datas: estes terão início no dia 18 de julho e acabarão em 21 de julho.

    O comunicado aponta que é proibido entrar na zona dos exercícios durante a sua realização.

    Há poucos dias, o Tribunal de Haia estabeleceu que a China não tem fundamentos para reclamar os territórios em disputa no mar do Sul da China. Pequim já respondeu que não reconhece a decisão. 

    Vários países, incluindo a China, o Japão, o Vietnã e as Filipinas, têm desacordos sobre as fronteiras marítimas e zonas de influência no mar do Sul da China e mar da China Oriental. A China acredita que alguns deles, como as Filipinas e o Vietnã, aproveitando o apoio dos EUA, escalam a tensão na região. Em janeiro de 2013, as Filipinas contestaram unilateralmente as reclamações da China em relação a uma série de territórios no mar da China do Sul no Tribunal Internacional do Direito do Mar, mas Pequim se recusou oficialmente a abordar essas questões no âmbito jurídico internacional.

    Mais:

    Mercado de ações reage à decisão sobre o mar do Sul da China
    China se recusa a aceitar decisão do Tribunal de Haia sobre mar do Sul da China
    Tags:
    tensão militar, disputa, tribunal internacional, decisão, reação, Marinha, exercício militar, Tribunal de Haia, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar